domingo, fevereiro 26, 2006

Espreitando por debaixo das pedras


Depois do lançamento do nº0 em Novembro, durante o Fórum Fantástico 2005, a Bang! começou lentamente a surgir em livrarias de todo o país.

Dedicada à ficção especulativa, a Bang! inclui contos, artigos, resenhas, pré-publicações e entrevistas. Neste número experimental, o alinhamento é:
  • Editorial; por Rogério Ribeiro
  • Épica - Associação Portuguesa do Fantástico nas Artes (artigo)
  • Aranhas Temporais, Teias Espaciais; por Lavie Tidhar (conto)
  • A Mão Direita do Destino; por Robert E. Howard (pré-publicação)
  • Sumo Informático; por Lawrence M. Schoen (conto)
  • José Saramago, o Nobel da Ficção Científica; por Jorge Candeias (artigo)
  • Resenhas
  • Entrevista a David Soares
  • No Vale, a Igreja; por David Soares (pré-publicação)
  • A Armada Está a Implodir e o Imperador Não Quer Saber; por João Barreiros (artigo)
  • A Lagoa; por João Ventura (conto)
  • Entrevista a José Manuel Lopes
  • Entrevista a Fernando Ribeiro
  • O Candelabro; por Ágata Ramos (conto)


Infelizmente, e talvez como seria de esperar - apesar de nestas coisas haver uma tendência crónica para o pessimismo, que geralmente condeno, o feedback de alguns leitores faz com que seja obrigado a dar a mão à palmatória -, o facto de não estar à vista nem sempre quer dizer que não esteja disponível à venda.

Portanto, se estão interessados em adquirir a Bang! nº0, chateiem o vosso livreiro habitual. Talvez ele até já tenha um exemplar à mão... debaixo do balcão ou da caixa-registadora, no interior de um armário, na casa-de-b... esqueçam!
Senão, poderão encomendá-la na livraria desde que seja servida pela distribuidora Bertrand. Ou então, entre em contacto connosco, através do email disponibilizado na página oficial.

O sucesso e duração da revista dependem também do vosso interesse.

2 Comments:

At 2/27/2006 1:04 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Bom, eu vi-a (um exemplar, um pouco machucado) na FNAC, na quinta-feira passada... Por acaso não me lembro de a ver na Bertrand.

 
At 2/27/2006 4:38 da tarde, Blogger Rogério said...

Esteve, até há pouco tempo, uma pilha delas na Bertrand do Chiado. No fim da sala de entrada, perto da "boca" do primeiro túnel, do lado direito de quem entra.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home