domingo, novembro 01, 2009

Lançamento das Conversas Imaginárias


Da autoria do Luís Peres, artista que completou recentemente a odisseia em BD do Príncipe Ziph, surge finalmente o cartaz das Conversas Imaginárias.

Seguindo as intenções que tinha divulgado há alguns meses, este evento irá ser focado no género fantástico, com uma atenção abrangente para a literatura, cinema, concept art, ilustração e banda desenhada.

Claro que a altura do ano em que é realizado não é acaso. Realmente, este ano não haverá Fórum Fantástico, sendo o Conversas Imaginárias uma tentativa minha de reduzir esse hiato de dois anos sem a realização de um evento com estas características, que se tem tornado um ponto de encontro anual para os fãs do género. Obviamente o Conversas não poderá ter a dimensão internacional do FF, o que, por outro lado, se poderá revelar uma vantagem, ao permitir um maior foco nos assuntos que ultimamente têm agitado este meio.

Assim, ainda hoje começarei a divulgar pormenores do que irá ocorrer na Biblioteca Municipal de Telheiras, em Lisboa, a 21 e 28 de Novembro de 2009.

(estas notícias podem ser acompanhadas por aqui ou pelo blog oficial do evento, em conversas-imaginarias.blogspot.com).

4 Comments:

At 11/01/2009 11:36 da tarde, Anonymous Joel Puga said...

Só uma ideia. Não se arranja alguém para filmar o evento (pelo menos as partes filmáveis) para depois colocar no youtube, para quem não se poder deslocar ao local?

 
At 11/02/2009 1:09 da tarde, Blogger Thanatos said...

Joel isto de gravar em video um evento não é assim tão fácil. Basta um dos intervenientes não dar autorização e depois vai tudo por água abaixo.

Ou então é a gravar às escondidas do meio da assistência com a «qualidade» que se pode esperar (imagem tremida, som roskoff). Por fim enfias os ficheiros em fatias de dez minutos no youtube para quê? Vai lá meia dúzia de gatos-pingados.

Tenho uma Sony TG3E que grava em alta definição e já sei como da alta definição para o youtube ficam as coisas. Para mim ou é uma coisa feita com pés e cabeça ou nem vale a pena o esforço.

 
At 11/03/2009 10:05 da manhã, Anonymous Joel Puga said...

Video era só uma ideia. Não sei ao certo qual o teor das conversas, mas imagino que algumas passem bem só com som, sem vídeo. É mais fácil de gravar e disponibilizar com alguma qualidade.

Agora a questão das autorizações é que não me ocorreu.

 
At 11/03/2009 1:09 da tarde, Blogger Rogério said...

Olá, Joel.

A gravação de audio está praticamente assegurada. A de video será mais difícil, por razões financeiras, já que seria necessário alugar meios técnicos, e pela dificuldade de depois colocar tudo ao dispor na net.

Infelizmente não podemos estar em todo o lado e há sempre eventos que nos escapam. De qualquer maneira, estou a tentar que pelo menos o conteúdo mais básico (o som) possa ser acessível a todos.

Um abraço,
Rogério

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home