quinta-feira, julho 06, 2006

Um saudável faz-de-conta

Existem várias maneiras de se entrar num Universo um pouco, ou mesmo muito, diferente do nosso. Livros e filmes são apenas as duas formas mais utilizadas. Mas, para alguns, o envolvimento e a ambiência vão um pouco mais além: por várias horas bem passadas, essas pessoas tornam-se as personagens desses outros universos.
A este passatempo chama-se genericamente Roleplay (sendo "Jogos de Personagem" uma das traduções possíveis), ou RPG (de Roleplaying Games), e assume várias formas, chegando aos LiveActionRPG, uma mistura de jogo e teatro.

Dos sites portugueses dedicados à matéria, destaco o Abre o Jogo, uma comunidade portuguesa de RPG.
Conjunto de vários praticantes de RPG, é de assinalar no AoJ o clima de participação e discussão construtiva dos membros. E a quantidade de material que pode ser encontrado nas suas várias categorias e secções.

Mas esta nota serve também para divulgar um jogo em particular, de vários que parecem querer nascer no AoJ.
Criado por Rui Anselmo, o The 101 é, nas palavras do autor:

"[...] um jogo de conspirações mundiais e acção intensa, baseado nas obras de John Woo, que nos dá a técnica hoje sobejamente usada em cinema chamada Wire Fu, da qual o Matrix é o mais conhecido exemplo, de Ken Hite, mestre da História Secreta e Alternativa, escritor, entre outros, de vários suplementos para GURPS e da rubrica Suppressed Transmissions, e, por último mas não em último, da mente perversa de Warren Ellis, o britânico escritor de comics, sobejamente conhecido pelo seu trabalho em The Authority, Planetary, e a maior influência aqui, de Global Frequency.
The 101 RPG retrata o trabalho de uma organização chamada The 101, nome que significa não só o número de operativos que a organização emprega a nível mundial, todos com a sua especialidade diferente e todos igualmente úteis, mas uma sigla que significa Guia ou Introdução, e pretende ser uma piada interna ao trabalho que desenvolvem.
The 101 RPG é um jogo onde convivem diariamente L. Ron Hubbard, o Santo Graal, Bin Laden e a CIA, Maçonaria, Àrea 51, e tudo o mais que conseguem imaginar ou ler nos jornais. Aqui, fazem-se experiências para viajar para mundos imaginários, constroem-se bombas de despopulação, OVNIS chegam do futuro, lobisomens uivam à Lua, e sabe-se a verdadeira razão do 11 de Setembro. E é com tudo isto que lida o The 101. Para que estas notícias permaneçam nos tablóides. E a única maneira de o fazer é com um pontapé de Kung Fu em cheio na cara.
O operativo da The 101 é um homem ou uma mulher com capacidades físicas, intelectuais, e por vezes sobrenaturais, que o coloca num patamar muito acima do humano mortal. Alguns deles não podem sequer continuar a ser chamados humanos, embora mantenham essa aparência, enquanto outros não são mortais, embora finjam a própria morte. Todos eles são especialmente treinados para intervir no terreno, seja em combate corpo a corpo, seja em negociação activa de reféns, seja em assassinato. O operacional do The 101 é também a pessoa mais cool à face da Terra: seja a gabardine preta até aos pés e as duas Uzi, seja a cicatriz na cara, seja o passado misterioso, seja a katana em plena cidade, ou ainda o facto de segurar uma bola de fogo na mão direita e estar com um sorriso pirómano na cara.
O The 101 RPG é sobre essas pessoas e o mundo de conspirações onde vivem, e agora vais ter oportunidade de ser um deles."


Uma distilação inteligente e bem-humorada de vários temas e mecânicas conhecidas, é sem dúvida um jogo que apetece jogar.
Para mais informações sobre o jogo, e quem sabe para participarem na criação do mesmo, visitem-no aqui.

2 Comments:

At 7/10/2006 8:54 da tarde, Anonymous jrmariano said...

Obrigado por todo o tempo de antena que deste a esse hobby cheio de potencial, o RPG que tanto nos move na nossa pequena comunidade electrónica, a AbreoJogo.
É sempre surpreendente ver presente num blog exterior ao universo dos jogadores habituais alguma referência ao tema e ainda por cima vê-lo feito de maneira tão efusiva.
Espero que o projecto do Rui Anselmo, o 101 RPG tenha toda a sorte do mundo, que seja mesmo levado em frente e consiga num futuro próximo até uma publicação efectiva e disponível em português e em Portugal.
Lê muito e joga RPG de vez em quando, vai ver que a consciência abre-se sem limites! ;)

 
At 7/11/2006 12:10 da tarde, Anonymous Rui Anselmo said...

Wow, Rogério, simplesmente wow. :)

O Mariano mostrou-me isto no outro dia, digo-te que me cairam o queixo e outras partes do corpo, e que ainda estou lá em baixo a apanhá-las com uma colherzinha de chá das mais pequenas.

Obrigado pelas tuas palavras, estou neste momento no processo de cumprir a minha promessa! ;)

Grande abraço, e continua a dedicar-te ao hobby crescente que é o RPG.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home