segunda-feira, janeiro 31, 2011

A Coroa dos Deuses - Resenha

A conhecida 3ª Lei de Arthur C. Clarke, proposta pelo próprio em 1973, declara que “qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível de magia”. É precisamente essa formulação que nos surge como espinha dorsal na base da saga Alex 9; ainda mais neste segundo volume, A Coroa dos Deuses (Ed. Saída de Emergência, 2010).


Felizmente, Bruno Martins Soares (Martin S. Braun) não se limita à aplicação linear do conceito de Arthur C. Clarke, e usa-o como um pau-de-dois-bicos. Por um lado na atitude temerosa dos habitantes da medieval Terra 2 perante os objectos vindos do nosso próximo séc. XXII, mas também na perplexidade de Alex 9 perante a potencial validade de cultos e profecias. E as dúvidas da personagem tornam-se as dúvidas do leitor, transformando-se num verdadeiro gancho.

Após as batalhas e golpes de sorte que estrelaram no primeiro volume, A Guardiã da Espada, as forças invasoras e conspiradoras aprenderam as suas lições, e agora pretendem fechar o cerco e fazer descer uma tempestade centrada sobre Alex 9 e o Reino de Brodom e seus aliados mais próximos. Em paralelo, em 2145, Kaoru e Pierre ganham neste volume maior protagonismo, expandido o mistério na base desta aventura e prometendo uma nova dimensão. Em tudo isto, Bruno Martins Soares volta a demonstrar uma exímia gestão da tensão narrativa.

Como seria de esperar deste segundo terço da saga, são inseridas mais perguntas do que respostas, as dificuldades crescem, o palco é montado para o clímax esperado na última parte. A escrita, clara e concisa, potencia o tom dinâmico da narrativa. Da mesma forma, algumas pequenas piscadelas-de-olho remetem-nos para o zeitgeist; como quando nos surge um agente secreto chamado Anderson Smith (Mr. Anderson e Agent Smith, anyone?), enriquecendo o texto.
Apesar de pertencer à colecção Teen, de ser apresentado como tal e de ter de se adaptar a um público jovem adulto, o que imporá as suas limitações, possui manifestamente uma maturidade que o torna também atraente a um público mais adulto.

A leitura deste segundo volume, já não perturbada por excessivos malabarismos frásicos surgidos no primeiro, é incrivelmente viciante. Alimentado pela constante alternância de pontos-de-vista e de cenários espaciais e temporais, é um autêntico page-turner. A não perder.

2 Comments:

At 3/25/2011 6:55 da tarde, Blogger Flávio Gonçalves said...

Infelizmente deixei que os meus preconceitos me levassem a não comprar nenhum dos livros desta colecção por causa da promoção do acordo ortográfico... e creio que até todas as editoras serem obrigadas por lei a editar livros em português do Brasil (já não recordo a data limite para tal) não irei ter estômago para ler nenhum dos livros da TEEN.

 
At 5/29/2011 7:15 da tarde, Blogger OCTÁVIO DOS SANTOS said...

Acabei de o ler ontem, e posso fazer minhas practicamente todas as palavras desta recensão do Rogério. Com esta segunda parte já não há qualquer dúvida de que a saga Alex 9 é uma das mais notáveis da FC & F portuguesa recente... e orgulho-me de ter sido, em parte, «culpado» da sua publicação, ao ter convidado o Bruno para participar n'«A República Nunca Existiu!», e, assim, o ter «apresentado» à Saída de Emergência.

Tal como o comentador anterior, também para mim é extremamente penoso ler textos e livros que já seguem o «Aborto Ortográfico». Pelo que fiz n'«A Coroa dos Deuses» o que já tinha feito n'«A Guardiã da Espada»: abordei o que li como uma «prova de revisão» cheia de erros, assinalando a lápis todas as palavras em que faltam os «c» e os «p», e não só...

Aliás, já sugeri ao Bruno que, no futuro, se for possível, devia reunir as três partes num só volume, e editá-lo usando o português «normal e decente» - aproveitando-se, já agora, também para se criar ilustrações e grafismos mais sofisticados e atraentes, condizentes com a obra.

E devo esclarecer que o Bruno escreve originalmente sem recorrer ao AO - é a SdE que depois «(a)normaliza» a sua narrativa.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home