sexta-feira, junho 03, 2011

Um olhar...


Luís Filipe Silva dá-nos um breve vislumbre sobre uma das partes que permanecem inéditas no chamado tríptico "A Bondade dos Estranhos".

Iniciado com O Projecto Candy Man (2007, Ed. Chimpazé Intelectual), de João Barreiros, as restantes secções da prometida trilogia, da responsabilidade de João Seixas e Luís Filipe Silva, acabaram por nunca serem escritas. No entanto, a primeira parte constitui uma história independente, completa, que pode ser lida sem necessidade das posteriores, e que pode ser ainda encontrada, por exemplo, nas Feiras do Livro, na tenda dos pequenos editores.

Resta-nos reler a obra de João Barreiros, e espiar estes vislumbres de um futuro prometido mas não materializado...

1 Comments:

At 6/03/2011 12:32 da tarde, Anonymous João Pedro Pfaff said...

E vamos esperar até ao dia de S. Nunca ( sem ofensa), pois um dos autores está demasiadao "entretido" a fazer sangue no meio fantástico português, e o outro autor, nota-se que só tem disponibilidade de tempo para estas "amostras".

Mas temos pena, temos muita pena.Perdemos todos.

João Pedro Pfaff

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home